Violência sexual contra crianças



Com um mandato pautado no compromisso com a família e a vida, a deputada federal Liziane Bayer tem reforçado a campanha de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes. Por meio de ações e de suas redes sociais, a parlamentar tem alertado a sociedade para um problema que se tornou ainda mais preocupante com o confinamento gerado pela pandemia. Todos os anos, 500 mil crianças e adolescentes são explorados sexualmente no Brasil. Dados sugerem que somente 7,5% dos casos são denunciados às autoridades.


Ao longo do mês da campanha Maio Laranja, uma série de transmissões ao vivo nas redes sociais do mandato têm servido como um canal de esclarecimento para a população. No último das 17, em parceria com o mandato da deputada estadual Franciane Bayer, foi realizada uma live (foto) com o presidente do Instituto Proteja, Nelson Botelho; o representante da Associação Estadual de Conselheiros e Ex-conselheiros Tutelares do RS, Jeferson Machado; e do Fórum Colegiado Nacional de Conselheiros Tutelares, Júlio Fontoura. No próximo dia 31, às 20h, outra live debaterá o tema – com a participação do secretário Nacional da Criança e do Adolescente, Maurício Cunha.


O primeiro evento da série, ocorrido no dia 3, lançou o livro Bailarinas também choram – obra lúdica que conta com o apoio do mandato para distribuição de exemplares de forma gratuita, ampliando as informações para a sociedade.