Liziane Bayer assume cadeira no Congresso Nacional

A são-pedrense Liziane Bayer (PSB) foi empossada na sexta-feira (01/02), em Brasília, para seu primeiro mandato como deputada federal na 56ª Legislatura (2019-2023). Liziane foi eleita com 52.777 mil votos, em 412 municípios do Rio Grande do Sul. A parlamentar vem de um mandato estadual, nesta eleição deixou uma sucessora, sua irmã Franciane Bayer.

Liziane comprometeu-se a “manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro, sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”. Na ocasião, ressaltou que seguirá com o trabalho voltado a busca por melhorias na área da saúde, educação e segurança, além das pautas relacionadas ao público feminino.

Liziane ampliará seu mandato e sua atuação em defesa dos princípios da fé, da família e da vida. “Serei uma defensora, uma voz da família brasileira. Serei, aqui na Câmara Federal, uma representante daquilo que nós acreditamos como valores essenciais para a política, para que ela seja desenvolvida com plenitude e com transparência. É o que o povo espera de cada um de nós. Que possamos abençoar nosso Brasil”.


Trajetória política


Liziane começou a carreira política despretensiosamente. Em 2012, nas eleições municipais, tinha o intuito de se candidatar-se vereadora de Porto Alegre, mas acabou não o fazendo. Em 2014, decidiu arriscar e candidatou-se a deputada estadual. "Foi uma aposta. Queria começar a me preparar, a me envolver nas questões políticas. E qual não foi a minha surpresa quando me elegi", conta.

Em 2015, assumiu o primeiro mandato como deputada estadual pelo Partido Socialista Brasileiro – PSB, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, eleita com 29.121 votos em 326 municípios. Em seu mandato atuou representando os gaúchos na luta pela fé, pela família e pela vida, prezando pela aproximação com o público além de seu gabinete parlamentar. Entre reuniões, participações em eventos e prestação de contas de seu mandato, percorreu vários municípios gaúchos. Como deputada estadual, Liziane teve seis leis de sua autoria sancionadas, além de presidir quatro Frentes Parlamentares, principalmente, voltadas à saúde preventiva, umas das principais pautas de seu mandato, a qual seguirá defendendo agora a nível federal.