Projeto obriga estatais a patrocinarem futebol feminino


Texto de autoria da deputada Liziane Bayer (PSB) prevê que pelo menos 5% da verba de patrocínio das empresas públicas seja destinado ao esporte

Projeto apresentado na Câmara pela deputada Liziane Bayer (PSB) prevê que pelo menos 5% da verba de patrocínio das empresas públicas seja destinada para apoiar o futebol profissional feminino. A ideia é estimular o desenvolvimento das atletas e, por consequência, do esporte.

– Apesar de o futebol feminino ser cada vez mais praticado em nosso país, não há diretrizes que fortaleçam a prática das jogadoras – justifica Liziane.

A parlamentar defende o incentivo à modalidade, que carece de apoio por parte do poder público e privado.

Na última semana, a deputada se encontrou com a procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, durante a 5ª Conferência Regional de Promotoras e Procuradoras da Justiça, e apresentou o projeto. Em seu discurso, Dodge foi enfática: “Marta opta por não ter patrocinadores por discordar da desigualdade. Ela recebe menos de 1% do que jogadores como Messi e Cristiano Ronaldo”.




Texto: Gaúcha ZH

Foto: Elaine Martins