Santa Casa está com 67% de sua capacidade desocupada

Hospital deverá receber nos próximos dias R$ 100.000 de emenda parlamentar

No final de março, realizamos uma entrevista com o então provedor da Santa Casa de Caridade de Dom Pedrito, Luiz Carlos Moraes Costa. Na oportunidade, ele nos contou que o hospital contava com nove respiradores e dez leitos, sendo que em média eram preenchidos seis. Contudo, de acordo com o provedor, outros seis leitos poderiam ser reformados na antiga Unidade de terapia intensiva (UTI), para assim atender e isolar mais seis pacientes se fosse necessário.


Na manhã desta terça-feira (28), entramos em contato com o atual provedor Luiz André Freitas Bálsamo. Ele contou a nossa reportagem, que “hoje continuamos com 10 leitos, mas com 10 respiradores”, acrescentando, que não há condições e nem necessidade de aumentar a capacidade da UTI, isto porque, além dos leitos da UTI, existem mais 14 leitos em isolamento, podendo chegar a 20 leitos se houver necessidade.


Luiz André destacou ainda, que “até agora o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não credenciou nossa UTI, que apesar do alto investimento da comunidade, está legalmente ociosa. Na realidade temos uma UTI da fato, mas não de direito. Para que tenha ideia, hoje não temos 41 pacientes internados em toda Santa Casa. Isso é bom por um lado, pois as pessoas não estão doentes. Mas por outro é deficitário, pois temos que manter uma estrutura sempre pronta para 125 pacientes aproximadamente, isso é necessário para ela não dar prejuízo, até porque o repasse é por paciente infelizmente”.


Para amenizar um pouco o problema, na última quinta-feira (23), o vereador Jonathan Duarte recebeu a informação de que sua solicitação para destinar uma verba de emenda parlamentar a Santa Casa de Caridade de Dom Pedrito “Hospital São Luiz” havia sido atendida. O comunicado partiu do Gabinete da Deputada Federal Liziane Bayer (PSB), através de ofício destinado ao provedor da Santa Casa, Luiz André Freitas Bálsamo. Conforme informações, o recurso no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais) será destinado para incremento temporário ao custeio dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial para cumprimento de metas. Luiz André confirmou que recebeu o comunicado da doação.



Texto: Qwerty Portal de Notícias