Prevenção do câncer de mama


Preocupada com a queda nos diagnósticos de câncer de mama durante a pandemia, a deputada federal Liziane Bayer (PSB/RS) intensificou a campanha na prevenção da doença. Diversas mulheres, convidadas pela parlamentar, tiraram fotos com objetos cor-de-rosa para reforçar a campanha, que pretende atingir todo o país, continuando ao longo do ano. Autora da Lei que instituiu o outubro Rosa no Rio Grande do Sul, a parlamentar alerta que mais de 66 mil novos casos da doença devem ser registrados este ano no Brasil.


Em defesa da vida

Além de promover o tema em redes sociais por meio de postagens, entrevistas e participação em lives, Liziane Bayer tem trabalhado intensamente na Secretaria de Políticas para as Mulheres, da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família, na Câmara dos Deputados. “Esta doença não faz quarentena. A informação se faz ainda mais importante, especialmente neste momento de tantos medos e incertezas”, reforça a deputada, que foi mediadora de um debate sobre o adiamento do diagnóstico e tratamento de câncer no SUS, em função da pandemia.


Dados alarmantes

Levantamento da Fundação do Câncer mostra que o número de mamografias feitas pelo sistema público caiu 84% entre janeiro e julho. Responsável por criar a Frente Parlamentar sobre o Câncer na Mulher, na Assembleia Legislativa gaúcha, Liziane Bayer, agora deputada federal, se preocupa com a possibilidade de o país estar diante de outra pandemia: a de casos avançados de câncer de mama. “Não deixe de fazer consultas periódicas e os exames preventivos por medo do coronavírus”, recomenda a Congressista.

004-whatsapp.png

CLIQUE NO ÍCONE

PARA RECEBER NOSSAS NOVIDADES PELO WHATSAPP

© 2019 por comunicação Gabinete Liziane Bayer