Liziane Bayer capitaneia movimento contra descriminalização das drogas


Parlamentares cristãos pedem que STF não retome a votação da pauta

Preocupada com as graves consequências de uma possível descriminalização das drogas, a deputada federal Liziane Bayer (PSB) pediu ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, o adiamento do debate do tema na corte suprema do país. O encontro ocorreu no final da tarde desta terça-feira (8), em Brasília, e reuniu outros parlamentares vinculados à defesa da família.

"Pedimos ao STF que prolongue o seu julgamento, pois é fundamental debater no âmbito do Congresso o uso de drogas e os maus que causa à sociedade. Além dos efeitos destrutivos às famílias, temos aspectos relacionados à segurança e à saúde pública que devem ser considerados”, destacou a parlamentar.

O ministro Dias Toffoli demonstrou-se favorável ao pleito e aberto ao diálogo. Suspenso desde maio, o julgamento da pauta ainda não tem data marcada. De acordo com Liziane, o próximo passo é tratar do tema com o ministro relator do caso, Alexandre de Moraes.

004-whatsapp.png

CLIQUE NO ÍCONE

PARA RECEBER NOSSAS NOVIDADES PELO WHATSAPP

© 2019 por comunicação Gabinete Liziane Bayer